28 de nov de 2013

Mulheres de Ventos


Mulheres de Ventos nasceu de um convite do SESC São Gonçalo para montar um trabalho com o tema: Mulher. Aproveitei a oportunidade para juntar o útil ao agradável e peguei um desejo antigo de levar Eduardo Galeano a essa proposta.

Para me acompanhar nessa empreitada convidei a Bella Duvivier, bailarina com quem aprendo muito sobre vida e corpo. O Fábio Simões eu conheci em uma história linda vivida em Aldeia Velha (RJ), onde aprendi a fazer uns instrumentos com esse ser.

15 dias era nosso prazo. E lá fomos nós entre cafés, mates, conversas, ensaios: baseado no contos de Eduardo Galeano, levantamos Mulheres de Ventos.
Com muita licença poética fizemos as nossas adaptações e, em 1 semana de trabalho de mesa, 2 páginas se transformaram em 6. 

Depois chegou o Fábio pra colorir as nossas histórias com os seus instrumentos mágicos!

O dia da apresentação chegou voando e a estreia foi para infinitos 5 meninos. Meninos que cumprem medidas socioeducativas.

Dia melhor, público melhor, não há.
Os olhares saltitavam de seus olhos.
Ao fim, receberam flores amarelas, escolhidas com muito carinho na floricultura Clube das Flores.

Ao decorrer das apresentações, descobri e sinto que estou cada dia mais grata a essa oportunidade e a esses encontros.

Gratidão ao SESC São Gonçalo por confiar sempre em meu trabalho.
A Joyce, em especial.
A Bruna, grande assistente.
A Isabella Duviviver e a Fábio Simões por terem acreditado nesse sonho.
E aos meus amigos e amigas que me aguentam e ouvem minhas histórias...

Nenhum comentário:

Postar um comentário